MP vai orientar arquitetos e engenheiros de Lages para projetos de acessibilidade

MP vai orientar arquitetos e engenheiros de Lages para projetos de acessibilidade

O grupo SC Acessível, do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), realizará a partir deste semestre reuniões em diversas regiões do estado para orientar arquitetos e engenheiros das associações de municípios de cada região e profissionais liberais da área.

O grupo estendeu os encontros para a região do Extremo Oeste catarinense ao itinerário de atividades. Este ano, cidades do extremo oeste foram inseridas. Nas demais regiões, as  cidades polos que  receberão o grupo de estudos, como adiantou o Coordenador do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CDH), Promotor de Justiça Douglas Roberto Martins. Lages, está na lista dos municípios contemplados. A reunião acontecerá na sede da Amures.  A reunião acontecerá ainda neste semestre. Outros municípios a serem visitados são Videira, Rio do Sul, Itajaí, Criciúma, Jaraguá do Sul e Florianópolis.

O projeto foi desenvolvido com o intuito de proporcionar um entendimento amplo e prático sobre as normas de acessibilidade, em especial a NBR9050/2015, que estabelece os parâmetros para a garantia de acessibilidade em edificações, equipamentos, mobiliários e espaços públicos. Para definir a programação dos eventos, os integrantes do grupo enviarão formulários a profissionais de todo o estado atuantes na realização, avaliação e fiscalização de projetos arquitetônicos para que mandem dúvidas quanto à acessibilidade.

Informações Ministério Público/SC

Compartilhe com seus amigos