Julgamentos iniciam em Fevereiro

Julgamentos iniciam em Fevereiro

As comarcas da região serrana do Estado vão realizar quatro sessões do Tribunal do Júri no próximo mês de fevereiro. Os crimes a serem julgados ocorreram nas cidades de Lages, Urubici e São Joaquim, entre os anos de 2017 e 2019. As sessões estão marcadas para os dias 11,14,18 e 27. Os seis homens que sentarão no banco dos réus são acusados pelos crimes de homicídio, tentativa de homicídio e por integrar organização criminosa.

O primeiro júri popular será em Lages. A partir das 10 horas do dia 11 de fevereiro, o acusado de matar um homem com um golpe de panela de pressão na cabeça, em 2018, volta a sentar no banco dos réus. Em novembro de 2019, o juiz Geraldo Corrêa Bastos teve que dissolver o Conselho de Sentença que acompanhava os trabalhos porque o advogado do réu passou mal durante a sessão.

No dia 14, em São Joaquim, será julgado réu acusado de homicídio qualificado pelo motivo fútil. Também de acordo com a denúncia do MP, ele teria usado uma faca para matar o companheiro de alojamento, depois de um desentendimento em uma casa noturna por conta de uma prostituta. O júri começa às 9 horas do dia 14, com o sorteio dos jurados.

No dia 18 de fevereiro, novamente no Salão do Júri em Lages, ocorre o julgamento de três homens acusados pelo MP por tentativa de homicídio qualificado e atuação em organização criminosa. Em 2017, eles atiraram contra um homem enquanto este cortava a grama do jardim de casa. A vítima só não foi atingido porque se atirou ao chão e fugiu. Os denunciados cometeram o crime, segundo a promotoria de justiça, por vingança motivada pela contribuição que a vítima prestou na investigação de outro crime.

Em Urubici, no dia 27 de fevereiro, o Conselho de Sentença será reunido para julgar uma tentativa de homicídio. O denunciado pelo MP usou uma faca para tirar a vida do vizinho. Ele pensou que a vítima teria acionado a polícia por conta da prática de violência envolvendo uma criança. Atingido na região cervical, o homem recebeu atendimento médico imediatamente ao fato, ocorrido em 2019.

TJ/SC

Compartilhe com seus amigos